terça-feira, 25 de setembro de 2007

Poemas sob encomenda

O Lula Terra mandou os títulos e me encomendou poemas. Fiz esta pequena série. Aceito sugestões de títulos, para meu livro "Poemas sob encomenda".
__

Poema para caixas de fósforo

Fósforos “Queluz”
Aqui na minha mesa
Risco os 40 palitos
Queimo meus cabelos
Enxugo as lágrimas
De você que não veio.

Queluz que nada
Vou agora de “Fósforos Paraná”
Acender meus cigarros
Meus incensos, meus baratos
E te apagar
Sem me queimar.

Poema para cantar de galo

O galo que canta

Seus males espanta?


Poema para calando dançar
O calango, parado, a me olhar
Calmo, meditativo e espiritual

O calango ficou me olhando
De revés

Foi então que apontei a mangueira
E ameacei molhá-lo

“Dança, calando filho da puta
dança sem parar!”

E o calango se escondeu
Sem dizer a deus
Quem dançou fui eu.

Poema para corno se matar
Estava certo mesmo
O velho Batman
Que pensou muitas horas
Deitado na rede

E chegou à conclusão
Que um homem sem chifres
É um animal indefeso.

Poema para ruas sem ninguém

Rua sem ninguém
Equanto um não vai
O outro não vem.

Poema para deserto
Em pleno deserto
Me lembro do terceiro pedido
Ao gênio da lâmpada.
Daí-me, ó gênio
Aquele garrafão de 20 litros
Bem geladinho
E nem precisa ser Indaiá.

Poema para gatos que conferem vida às bolas

O gato olha, olha
A bola que rola

O gato confere, pensa, repara
Até que decide:

"Hora de dar uma bola”.

Poema para a melissinha

No nosso segundo encontro
Ela veio de melissinha

E eu disse: Melissa
Não seja tão redundante!

2 Comentários:

Às terça-feira, setembro 25, 2007 , Anonymous Tenille disse...

...
incrível essa série por encomenda. mas no fundo acho que foi deus quem encomendou a ti toda a poesia.
olha, a do gato na hora de dar uma bola é a minha cara.

beijos sams

 
Às quarta-feira, setembro 26, 2007 , Anonymous Anônimo disse...

um upf!
um riso, um risinho, outro riso, mais um delicioso, outro riso, mais um upf!
uma gargalhada...
positivíssima média de efeitos colaterais.
então un petit bisou pour toi

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial