quarta-feira, 2 de abril de 2008

Poema enviado por uma leitora

"Terror de amar num sítio tão
frágil como o mundo
Mal de amar neste lugar de imperfeição
Onde tudo nos quebra e emudece
Onde tudo nos mente e nos separa".

(Sophia de Melo Breyner)

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial