quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Sonhos

Às vezes sonho
e nos sonhos, encontro velhos cadernos
com uma letra miúda
que julgo ser minha.

Não sei se os versos são meus
Se os motivos dos sentimentos
são de minha fonte.

Sei que às vezes sonho,
e nos sonhos, encontro velhos cadernos
com uns versos trôpegos
que julgo serem meus.

Nunca saberei se os versos foram escritos
por mim
Sequer saberei se os sonhos eram, de fato,
sonhos que posso dizer: meus.

Sei que às vezes sonho,
e nos sonhos, encontro velhos cadernos
com uma letra miúda
que julgo ser minha...

Botafogo\RJ, 3.02.08

1 Comentários:

Às quinta-feira, fevereiro 14, 2008 , Anonymous Anônimo disse...

Os sonhos os oníricos, desejo do presente dos velhos cadernos. Acho tua fonte muito Linda...

Bianca

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial