sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Memória

É preciso pouca luz
para achar o segredo
nos teus olhos

(nessas tardes de domingo
o céu se comporta
como um pássaro vermelho).

Meia janela me basta
para atravessar tua memória.

1 Comentários:

Às sexta-feira, dezembro 12, 2008 , Blogger Thaís Nóbrega disse...

aí eu fico pensando: atravessar janelas é bem mais complicado que portas, por que, querendo ou não, sempre há um obstáculo no caminho - no caso da alegoria da janela, a metade não aberta que seria o resto da parede.

beijo, sama!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial