sábado, 5 de maio de 2007

Murmúrios

Sensível

Tão sensível,
ela andava chorando
como chuvas
num céu sem nuvens.

Humildade tardia

O homem doente
se empanturrou de humildade
mas era tarde
na disenteria da vida.

Nova pedagogia

Cognichão.

Nova pedagogia 2

Paulo Freire me perdoe
mas naquela escola entupida
de alunos
havia mesmo era a
Pedagogia do Espremido

Inconcluso

Um dia vou estar
livre disso tudo
muito embora
inconcluso

Emergência

Está doendo muito?
Chame o Samu do Afeto

Olhar

Nas fotos antigas
da família
encontrei uma infância velha
que eu tinha esquecido
como quem esquece o segredo
em uma cômoda velha

Cansaço

Quando canso de viver
descubro um novo poço
no fundo falso do meu osso

Vocação

Ela estava fadada ao fado

Soma

No meio da vida
tinha outra vida
juntei as duas
e vivi mais ávido
sem estar dividido

Lemas da relva

"Coragem, tranquilidade e altivez"
(lemas pessosia de Walt Whitman)

Exagero

"Pode haver coisa mais exagerada,
entusiasmada
que nascer?"
(Maria Adozinda Monteiro, 1928-2007)

Exagero 2

"Na hora do parto,
eu tinha pena de não parir
na Avenida Guararapes".
(ídem)

1 Comentários:

Às segunda-feira, maio 28, 2007 , Anonymous zizi disse...

sama, como é sempre bom ter você aqui tão perto. fadada ao fado parece muito comigo. já gosta de um fado.

muito bom o poema antigo e esses fragmentos inteiros.

saudade hoje tá grande
e seus poemas ainda maiores.

beijos

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial